Nova Iorque, voltar sempre que apetecer

 

Segunda visita a Nova Iorque. Foi em pleno Central Park, há cinco anos atrás que fui pedida em casamento. Com direito a anel e declaração de amor, de joelhos no chão, how romantic  🙂

Embora tenhamos visto praticamente todos os higlights na primeira viagem,  foi no pico do inverno, pelo que as temperaturas próximas dos zero graus não nos permitiram ver algumas coisas que estavam na nossa lista. Mas, como dizem, Nova Iorque é uma cidade para voltar as vezes que nos apetecer. Afinal de contas estamos a falar do centro do mundo, onde existe tudo e onde tudo acontece e está em constante mutação, pelo que passados cinco anos sabíamos que íamos encontrar algumas coisas diferentes, outras novas, e revisitar sítios onde fomos muito felizes. Desta vez fomos com mais tempo e menos pressão para ver tudo, numa perspectiva mais de “viver a cidade” e não tanto “passar” por ela. De qualquer forma, deixo-vos os pontos que acho importantes não perder numa primeira visita e todos os outros que conheci desta vez:

Sítios obrigatórios na primeira visita

Empire State Building / Central Park /MoMa / MET / Museum of Natural History / Brooklyn Bridge (a pé de brooklyn até Manhattan  / Soho / West Village / Tribeca / Public Library /Rockefeller / Grand Central Station / Times Square / Estátua da Liberdade (ferryboat)

Descobertas numa segunda visita

Whitney Museum / Galerias no Soho / Softball no Central Park / Guggenheim / Botanical Garden / Highline /Chelsea Market / Flat Iron / Financial District / Memorial 9.11 / Basketball no Madison Square Garden

 

Onde ficar

Ace Hotel / Andaz

Onde comer

Whole Foods / Burger Joint / Joe´s Pizza / Ippudo / Ivan Ramen / Magnolia Bakery / The Fat Radish / Stumptown Coffee / Buvette / Sushinakazawa /  Joe’s Shangai / Shake Shack / Grays Papaya

Passeios

Gostamos muito da revista Monocle e desde que descobrimos os guias de viagem deles não queremos outra coisa. Têm um capítulo -New York walks – que é imperdível. Passeios que duram mais ou menos 2 ou 3 horas, que nos levam a sítios menos turísticos e a apreciar óptima comida, cocktails, concertos, etc. As walks estão divididas por temas – industrial revolution, rich pickings, taste of bohemia, new high-flyer – por isso não vos consigo passar todas para aqui, mas super recomendo! Podem encomendar on-line no site.

Dicas

  • Queríamos ter ficado novamente no Andaz, foi provavelmente até hoje o hotel que mais gostei numa grande cidade, mas não foi possível. Da primeira vez tinha aberto há pouco tempo e era plena época baixa. A localização é fenomenal, mesmo em frente à Public Library. Infelizmente desta vez os preços eram impraticáveis, mas antes de ir espreitem, porque podem ter a mesma sorte que nós já tivemos.
  • Se forem com tempo levem um livro/revista, agarrem num pretzel ou num hot dog e sentem-se a apreciar toda a vida que existe no Central Park. Na relva ou nas bancadas de jogos amadores de Softball.
  • Comprem o pass de metro para 7 dias. Compensa imenso e podem ir para todo o lado.
  • Deixem-se tentar pelas dezenas combinações de lattes que todas coffee shops oferecem, o de matcha é incontornável.
  • Não posso deixar de vos dizer para irem assistir a um jogo de basketball no Madison Square Garden! Eu, que não sou grande fã de desporto de qualquer tipo, delirei com a experiência. Não existem momentos aborrecidos, tocam música durante o jogo, fazem pequenas demonstrações de dança e outros espectáculos nos intervalos, toda a gente come e bebe imensas coisas que se vendem no estádio (hot dogs, batatas fritas, refrigerantes, pretzels, chocolates, you name it!),  o ambiente é óptimo, as crianças de todas as idades podem entrar, não há palavrões nem gritos, simplesmente espectacular!

Vão assim que conseguirem, garanto-vos que vão querer regressar!

Escrito por: Joana

Joana. Casada com o João. Mãe do Sebastião. Mãe emprestada de uma Teckel, a Sushi, e de um gato rafeirão, o Tozé. Vive em frente ao mar e adora o campo. Quer alcançar o significado da palavra devagar. Viver devagar, saborear cada segundo e cada detalhe. Ler mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *