Uma casa que entra na nova estação

Final de Outubro, 9 da manhã. Estamos perto da praia. Há um cheiro a maresia no ar mas só se avistam surfistas no mar. O céu está escuro, a ameaçar chuva, mas a temperatura ainda está amena. É outono e está um daqueles dias perfeitos para ficar em casa ao som da nossa banda sonora preferida, à luz de velas e a beber um chá.

Hoje é a Joana que nos abre as portas da sua casa. Uma casa só por si especial, mas ainda com mais vida e graça agora que a nova estação chegou e, com ela, o novo catálogo de decoração Outono-Inverno do El Corte Inglés. 

Depois do passeio matinal, à beira-mar, com a Sushi, a cadela da família, regressamos a casa para uma conversa, acompanhada por um chá de limão e gengibre.

“Estar deste lado da ponte não é o ideal em certos aspectos, mas acaba por nos trazer outra qualidade de vida. Podemos passear a Sushi na praia de manhã e voltar lá com o Sebastião ao fim do dia. Temos noção que temos esse privilégio, de ouvir o mar ao fundo e saber que a praia está a dois passos.”

Apesar de não ser a sua “casa de sonho”, é aqui que a Joana, o João e o Sebastião encontram a sua paz e o seu equilíbrio como família. Na verdade, são uma família de 5, se contarmos com a Sushi e com o Tó, o gato. Uma das coisas que mais gostam de fazer em casa, todos juntos, é cozinhar. Todos os dias planeiam o jantar e, sendo o João que assume mais vezes o papel de chef, todos gostam de ajudar, incluindo o pequeno Sebastião.

A casa pertencia à família e sempre foi vista como “provisória”. Porém, enquanto não encontram a casa dos seus sonhos, é aqui que vão construindo as suas memórias, tentando torná-la o mais confortável possível, através da decoração e dos pormenores. 

 

 

 

“Recentemente remodelámos parte da sala. Tirámos tudo das paredes, pintámos de branco, substituímos as cadeiras da mesa e demos vida a um cantinho que não tinha nada, ao lado do sofá. Inspirei-me numas prateleiras que vi em casa da Maria Matos, numa das nossas House Tours, e resolvi fazer uma coisa parecida. Escolhi um tom ‘verde suculenta’, suave mas ao mesmo tempo contrastante, e umas prateleiras em pinho bruto. Adoro o resultado e é um dos meus recantos preferidos da casa!”

A contrastar com os tons mais neutros e suaves de base, a Joana optou por puxar por elementos mais marcados na decoração, como as almofadas com padrões de cavalos, uma jarra que é uma cabeça de zebra ou os cavalos em ferro preto. Combinando diferentes peças e materiais, consegue uma combinação original, sempre ao seu estilo.

 

 

“O styling das prateleiras é uma coisa que está em permanente mudança e pode ser adaptado conforme nos apetecer, dependendo da estação, por exemplo. Às vezes basta misturar tudo e voltar a colocar em sítios diferentes para dar um visual novo à sala.”

Pela casa, encontramos sempre apontamentos muito pessoais, molduras bonitas com fotografias (ou não fosse esta uma das paixões da Joana), muitos livros e revistas e alguns objectos de família. 

O escritório, que também serve como quarto de visitas, foi outra divisão que teve uma mudança há pouco tempo. Escolheram um tom escuro de azul para pintar uma das paredes, onde puseram uma nova secretária. Este é o sítio onde podemos encontrar a Joana a dar asas à sua imaginação para o Fox&June ou a editar fotografias. 

A secretária foi idealizada por ela e mandada fazer à medida. Queria este efeito mais industrial, dado pelos detalhes pretos e pelo tom mais escuro da parede. Do lado oposto, a cama das visitas serve como sofá enquanto não está a ser utilizada.

 

 

No quarto, o mais importante é o conforto e a simplicidade. A Joana está a fazer um esforço consciente para reduzir o seu roupeiro a peças essenciais, o que facilita muito o processo de arrumação. 

Mais uma vez, a contrastar com a base mais neutra, a Joana vai variando a roupa de cama e puxa pelos tons mais escuros e pormenores menos óbvios, que dão um toque diferente e até exótico ao quarto. 

 

A prova de que não é preciso muito para tornar uma casa confortável e mais nossa está aqui. Uma casa que transmite serenidade e coerência. Ter o essencial, um sítio para cada coisa e cada coisa no seu sítio, guardar só o que nos faz sentido e explorar ao máximo o potencial de cada divisão. Muitas vezes são os pequenos detalhes – como uma moldura, uma manta, uma jarra ou um candeeiro – que fazem toda a diferença. E é isso mesmo que encontramos no El Corte Inglés, tudo num só sítio, coisas diferentes e originais, com bom gosto e sempre de acordo com o nosso estilo.

 

 

Esta publicação foi feita em parceria com o El Corte Inglés. 

Escrito por: Francisca e Joana

Somos a Joana e a Francisca, alinhamo-nos na simplicidade das coisas e complementamo-nos nas diferenças do dia-a-dia. Queremos partilhar o que nos inspira e o que nos leva a ser mais felizes. Acreditamos que esta partilha tem também o poder de inspirar o mundo a fazer o mesmo. Ler mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *