5 restaurantes para viajar pela Àsia

Estes são o meu top 5 quando penso na gastronomia asiática. Já viajámos muito por lá, desde Tailândia, Cambodja, Singapura, e Japão mais recentemente. A verdade é que assim que se experimenta a Ásia, seja em sabores ou sensações,  nunca mais nos conseguimos desligar desse mundo. Por isso, estes são os sítios que vos aconselho a voltar, vezes e vezes sem conta, se for preciso, para matar saudades das viagens que já fizeram ou para terem a “verdadeira experiência” gustativa:

Afuri

Para todos os amantes de Ramen, este é O sítio. Conheci esta cadeia quando estive em Tóquio e um mês depois de voltar da viagem abriu o primeiro, em pleno Chiado. Quis experimentar imediatamente, porque ainda estava no rescaldo de todas as maravilhas que comi pelo Japão. E a experiência foi exactamente igual à que tive por lá! Parecia que tinha voltado atrás no tempo!  Em cada taça de ramen são utilizados ingredientes da melhor qualidade do Japão, mas também portugueses. O ramen é leve, fresco e delicado devido à utilização de yuzu, uma pequena fruta de origem asiática. Podem aguardar por mesa no bar da entrada onde são servidos os melhores whiskys japoneses e não só!

Afuri – Rua Paiva de Andrade, Lisboa

Boa Bao

Muito perto do Afuri encontramos esta preciosidade. Já lá fui mais do que uma vez e adorei tudo o que lá comi. Assim como o ambiente a lembrar um bocadinho a street food asiática. Não fazem reservas, por isso é melhor irem cedo, mas na verdade também vale a pena esperar por uma mesa num restaurante onde se pode comer praticamente tudo o que se come pelo sudeste asiático. Tailândia, Laos, Vietname, Coreia da Sul, Cambodja, Malásia e China, zero adaptações à gastronomia portuguesa. Exactamente o que se quer quando apertam as das viagens que já fizemos por lá ou quando se quer ter a verdadeira experiência gastronómica sem ter de entrar num avião.

Boa-Bar – Largo Rafael Bordalo Pinheiro, Lisboa

– Rua da Picaria, Porto

Go Juu

Um espaço revestido a madeira, simplista, confortável, com lugares ao balcão, qual japonês que se preze. Existe um espaço apenas para sócios, mas conseguimos reservar sem dificuldade. Atrevo-me a dizer que foi das melhores experiências gastronómicas que tive, mesmo já depois de ter ido até ao Japão. O peixe fresquissímo, um toque de irreverência em cada peça que nos era servida, vinho branco a acompanhar, tudo perfeitamente alinhado. Um bar de saqué para os apreciadores e todo um menu por explorar que nos deixa com água na boca!

Go Juu – Rua Marquês Sá da Bandeira, Lisboa

Aron

Este é o meu restaurante de eleição quando falamos de sushi. Tenho plena confiança no peixe que está na bancada e que acabou de ser comprado no mercado que fica nas traseiras do próprio restaurante. Mais fresco é impossível. O sushiman é o Aron Vargas, discípulo do mestre Takashi Yoshitake. Por conveniência acabo sempre por ir ao do mercado 31 de Janeiro, mas existe outro perto da Gulbenkian. Adoro tudo. Desde os menos de almoço, saborosos e despretensiosos, a rapidez de serviço, o menu de degustação com o que há de mais fresco na própria altura. Até enquanto estive grávida fui lá meia dúzia de vezes e nunca tive tive nenhum problema (de qualquer forma avisei sempre acerca da minha condição). Só de pensar nisso fico com vontade de lá voltar nos próximos dias!

Aron – Rua Marquês Sá da Bandeira, Lisboa

– Rua Engenheiro Vieira da Silva (Mercado 31 de Janeiro), Lisboa

Yakusa First Floor

O Yakusa é um restaurante mais selecto, do chefe Olivier. Uma experiência gastronómica onde são criados pratos exclusivos com a melhor fusão entre oriente e ocidente. É inspirado na máfia japonesa e o espaço é sofisticado e tem um maravilhoso jardim japonês. Podem optar pelo bar de sushi ou por uma das mesas mais intimistas. Perfeito para todos os amantes de sushi e esperam um ambiente especial e com sabores exóticos irrepreensíveis.

Yakusa First Floor – Rua da Escola Politécnica, Lisboa

Escrito por: Joana

Joana. Casada com o João. Mãe do Sebastião. Mãe emprestada de uma Teckel, a Sushi, e de um gato rafeirão, o Tozé. Vive em frente ao mar e adora o campo. Quer alcançar o significado da palavra devagar. Viver devagar, saborear cada segundo e cada detalhe. Ler mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • O melhor Ramen vai abrir em breve, Ajitama Ramen Bistro, era um supper club que agora vai abrir restaurante! O melhor Ramen que já comi em Portugal, e eu sou fã de Ramen e já comi no Japão e em vários outros países! Fica a dica 😉

    • Olá Inês,

      Ficámos em lista de espera do Ajitama quando ainda era supper club. agora super curiosas para experimentar na versão restaurante 🙂
      obrigada pelo comentário!