Às Nove Academia, aprender a ser feliz

Esta academia é um espaço para ser feliz. Como se fosse a extensão da nossa casa, onde nos sentimos acolhidos, confortáveis, deixamos a luz entrar pelas janelas e desligamos do que acontece no rebuliço do mundo exterior. Esta academia é a extensão da casa da Sofia. Ou, devemos antes dizer, é a extensão do coração da querida Sofia. A Sofia é professora da felicidade, de uma forma simples, é isto mesmo que a Sofia faz. De uma forma mais profissional podemos dizer que é consultora, mentora e coach nas áreas da psicologia positiva, resiliência, desenvolvimento pessoal, gestão do tempo, gestão do stress e desenvolvimento de equipas.

A Às Nove Academia, que recebeu o nome do blog da Sofia, é um espaço onde são feitos workshops, formações, palestras, apresentações e outros tipos de parcerias. É também onde a Sofia pode trabalhar e receber de braços abertos quem quer entrar, porque existem dias de Open Day para dar a conhecer esta academia maravilhosa.

Todos os pormenores são únicos. As madeiras naturais, o contraste do preto com o branco em apontamentos simples, mas o que nos deixa completamente arrebatados é a luz. A luz que está presente em todas as salas, mesmo a que está no andar de baixo e onde são servidos os brunch. Nessa mesma sala existe uma cozinha para receitas com amor e espaço suficiente para aulas de yoga ou meditação. No fundo, um sítio de onde não apetece sair.

Os livros, os vasos, os quadros, os candeeiros, as cestas e tudo o que está presente foi escolhido com amor. As plantas estão em destaque, um toque de vida e harmonia que nos remete para o alinhamento interior e exterior. E é isso que a Sofia faz, alinha-nos na simplicidade das coisas. Assim como o sorriso com que recebe todos, com que leva a vida e o qual espelha o amor que tem ao seu lado. Foi o Pedro que reabilitou toda a academia, que construiu a maioria dos móveis e que está sempre presente neste sonho tornado realidade.

Enquanto fotografava a academia apercebi-me que a luz estava perfeita – perfeita nos detalhes, nas paredes, nas estantes e nos espaços – mas a luz que mais irradiava era a da Sofia. É uma luz que guia, que acolhe, que traz abraços e toda a experiência pessoal e profissional para nos ajudar a ser mais felizes.

 

Um dos mantras para este artigo: “Vai e leva a tua luz”.

 

Às Nove Academia

Bairro de São Miguel, Lisboa

 

SaveSave

Escrito por: Joana

Joana. Casada com o João. Mãe do Sebastião. Mãe emprestada de uma Teckel, a Sushi, e de um gato rafeirão, o Tozé. Vive em frente ao mar e adora o campo. Quer alcançar o significado da palavra devagar. Viver devagar, saborear cada segundo e cada detalhe. Ler mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *